STF dá dez dias para Bolsonaro explicar recondução de Ramagem à Abin


    O Supremo Tribunal Federal (STF) deu o prazo de dez dias para o presidente Jair Bolsonaro explicar o retorno de Alexandre Ramagem à Agência Brasileira de Inteligência (Abin), cargo que ocupava antes de ser barrado como novo diretor da Polícia Federal.
    A ação com pedidos de explicação foi proposta pelos deputados federais Alessandro Molon (PSB-RJ), Camilo Capiberibe (PSB-AP) e pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e, segundo eles, a recondução de Ramagem não poderia ter sido feita sem sabatina do Senado.
    "O restabelecimento do Sr. Alexandre Ramagem Rodrigues ao cargo de diretor-geral da Abin revela evidente desvio de finalidade do ato, como revelam os fatos supervenientes trazidos a conhecimento público após o pedido de exoneração do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sr. Sergio Fernando Moro", declararam os parlamentares. / Por: Agência Brasil 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment