Churrasco em Atibaia: Queiroz levava vida 'confortável e ativa' em esconderijo


    Fabrício Queiroz andava sumido, mas, aos poucos, a rotina que o ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro levava em um esconderijo, em Atibaian, no interior de São Paulo, começa a ser conhecida. Fotografias e mensagens de texto anexadas ao pedido de prisão de Queiroz mostram que ele levava uma vida 'ativa e confortável' na casa registrada como escritório do advogado Frederick Wassef.
    O ex-assessor afirmava estar mal de saúde, argumento utilizado para não comparecer a interrogatórios. Mas, em uma das imagens, registrada em 8 de dezembro, ele aparece bebendo cerveja e preparando um churrasco.
    “As fotografias e mensagens de texto demonstram que, apesar de alegar não poder depor por suposta indicação médica, o operador financeiro da organização criminosa levava uma vida confortável e ativa, aparentando estar bastante saudável, chegando a ingerir bebidas alcoólicas e comer churrasco com ‘amiguinhas’ de seu filho”, diz trecho.
    As "amiguinhas" a que Queiroz se refere são colegas convidadas pelo filho, Felipe, como indica mensagem de Queiroz para a mulher dele, Márcia, interceptada pelos investigadores.
    “Até que enfim, hein mulher. Acordou, hein. Devia ter tomado todas ontem. Felipe arrumou umas amiguinhas aqui. Nós então fizemos um churrasquinho aqui. Umas garotinhas bacaninhas, e vimos o Cruzeiro ser rebaixado... o Cruzeiro ser rebaixado tomando uma Corona aqui com limãozinho... Muito bom!”, diz o áudio. Na imagem, Queiroz aparece com uma camisa do Vasco.
    A esposa de Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar, continua foragida. / Por: Redação BNews 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment