Deputado do Centrão alerta colegas: 'não é hora de flertar com o autoritarismo'


    O deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) fez um alerta aos colegas de partido e do Centrão ao comentar nesta segunda-feira (1) a iminente escolha de um nome indicado pela sua sigla para a presidência do Banco do Nordeste (BNB).
    De acordo com o site O Antagonista, Ramos advertiu colegas do bloco partidário sobre o risco de "flertar com o autoritarismo". "O Parlamento pode ser a vítima desse flerte", alertou o deputado.
    Ao site, Ramos afirmou que se refere "ao fato de os partidos de centro ignorarem que o projeto final é contra eles e acabarem fortalecendo um projeto que pode ter como objetivo o fim da democracia". "Eles devem colocar o compromisso com a democracia acima de qualquer coisa”, defendeu.
    De acordo com o Estadão, a troca de Romildo Rolim por Alexandre Borges Cabral, nome indicado pelo PL, na presidência do Banco do Nordeste era prevista para esta segunda-feira.
    A nomeação é mais um gesto de aproximação de Jair Bolsonaro com o Centrão. A estratégia do presidente é vista como uma tentativa de construir uma base aliada no Congresso Nacional a fim de se blindar, por exemplo, de um eventual processo de impeachment. / Por: Najara Araújo/Câmara dos Deputados
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment