Em meio à crise entre Planalto e Supremo, militares assinam manifesto contra ministro Celso de Mello



    Em meio à intensa crise entre o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF), um grupo de militares emitiu um novo manifesto em resposta às represálias do ministro decano Celso de Mello.
    O texto divulgado no último sábado (13) foi capitaneado por dois coronéis da Força Aérea Brasileira e conta com a assinatura de 52 integrantes da Aeronáutica, 16 da Marinha e dez do Exército.
    O clima já estava tenso, após Celso de Mello dizer que generais do governo federal poderiam ser levados    "debaixo de vara" para deporem como testemunhas. Mas, de acordo com informações do Estadão, a situação se agravou recentemente, com a declaração do ministro Luiz Fux sobre o artigo 142 da Constituição, ressaltando que não cabe às Forças Armadas a função moderadora dos Três Poderes.
    "A missão institucional das Forças Armadas na defesa da Pátria, na garantia dos poderes constitucionais e na garantia da lei e da ordem não acomoda o exercício de poder moderador entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário", escreveu Fux. 
    No novo manifesto, endereçado a Celso de Mello, os militares argumentam que ninguém "ingressa nas Forças Armadas" por apadrinhamento e não se omitem quando são desginados às missões. O texto reforça ainda que ninguém chega ao posto de general sem o "reconhecimento" dos superiores e "admiração dos seus subordinados".
    Leia a carta na íntegra:
    Ao Sr. José Celso de Mello Filho.
    Ninguém ingressa nas Forças Armadas por apadrinhamento. 
    Nenhum Militar galga todos os postos da carreira, porque fez uso de um palavreado enfadonho, supérfluo, verboso, ardiloso, como um bolodório de doutor de faculdade.
    Nenhum Militar recorre à subjetividade, ao enunciar ao subordinado a missão que lhe cabe executar, se necessário for, com o sacrifício da própria vida.
    Nenhum Militar deixa de fazer do seu corpo uma trincheira em defesa da Pátria e da Bandeira.
    Nenhum Militar é comissionado para cumprir missão importante, se não estiver preparado para levá-la a bom termo.
    Nenhum Militar tergiversa, nem se omite, nem atinge o generalato e, nele, o posto mais elevado, se não merecer o reconhecimento dos seus chefes, o respeito dos seus pares e a admiração dos seus subordinados.
    E, principalmente, nenhum Militar, quando lhe é exigido decidir matéria relevante, o faz de tal modo que mereça ser chamado, por quem o indicou, de general de merda.
    Rio de janeiro, 13 de junho de 2020
    Lúcio Wandeck de Brito Gomes, Coronel da Aeronáutica;
    Luís Mauro Ferreira Gomes, Coronel da Aeronáutica;
    Luiz Sérgio de Azevedo Ferreira, Coronel da Aeronáutica;
    Antoniolavo Brion, Professor;
    Rodolfo Tavares, Presidente da FAERJ;
    Alfredo Severo Luzardo, Coronel da Aeronáutica;
    Napoleão Antonio Muños de Freitas, Coronel da Aeronáutica;
    Airton Francisco Campos Tirado, Coronel do Exército;
    Paulo Marcos Lustoza, Capitão de Mar e Guerra;
    Marcos Coimbra, Economista;
    Luiz Felipe Schittini, Tenente-Coronel PMERJ;
    Mauro Roberto Granha de Oliveira, Engenheiro Civil;
    Samuel Schneider Netto, Coronel da Aeronáutica;
    Manoel Carlos Pereira, Major-Brigadeiro;
    Paulo Frederico Soriano Dobbin, Vice-Almirante;
    José Mauro Rosa Lima, Coronel da Aeronáutica;
    Sílvio Potengy, Coronel da Aeronáutica;
    Oswaldo Fagundes do Nascimento Filho, Capitão de Mar e Guerra;
    Marcos Henrique Camillo Côrtes, Embaixador;
    Aileda de Mattos Oliveira, Professora Doutora em Língua Portuguesa;
    Hartman Rudi Gohn, Coronel da Aeronáutica;
    Carlos José Pöllhuber, Coronel da Aeronáutica;
    Reinaldo Peixe Lima, Coronel da Aeronáutica;
    Walmir Campello, Capitão de Mar e Guerra;
    Sérgio Tasso Vasquez de Aquino, Vice-Almirante;
    Wilson Luíz Ribeiro, Coronel da Aeronáutica;
    Justino Souza Júnior, Coronel da Aeronáutica;
    Luiz Carlos de Almeida Ribeiro, Capitão de Mar e Guerra;
    Sonia Maria Soares Almeida, Professora Ensino Superior;
    Bertucio Gomes dos Santos, Coronel da Aeronáutica;
    Marco Aurélio Erthal, Coronel da Aeronáutica;
    Carlos Aureliano Motta de Souza, Coronel da Aeronáutica;
    Fernando Almeida, Capitão de Mar e Guerra Reformado;
    Herman Glanz, Engenheiro;
    Celso Tavares, Coronel da Aeronáutica;
    Henrique Rodrigues Vieira Filho, Coronel da Aeronáutica;
    Hamilton Leda, Funcionário do Ministério de Ciência e Tecnologia;
    Augusto Borborema, Médico;
    Ney Martins de Lima, Engenheiro Civil;
    Luiz Thomaz Carrilho Teixeira Gomes, Brigadeiro;
    Aldo Langbeck Canavarro, Capitão de Mar e Guerra;
    Acácio Moraes Garcia, Procurador Federal e Professor;
    Antonio Luiz de Souza e Mello, Engenheiro Civil – Petrobrás;
    Rui Murat dos Reis, Tenente-Coronel da Aeronáutica;
    Sérgio Pedro Bambini, Tenente-Brigadeiro;
    Jorge Ruiz Gomes, Tenente-Coronel da Aeronáutica;
    Carlos Casado Lima, Coronel da Aeronáutica;
    Sergio Chouin Varejão, Engenheiro Mecânico e de Segurança do Trabalho;
    José Siqueira Silva, General de Brigada;
    José Carlos Lusitano, Contra-Almirante;
    Loretta de Queiroz Baltar, Fisioterapeuta;
    Henrique Aronovich, Coronel da Aeronáutica;
    Renato Tristão de Menezes, Coronel da Aeronáutica;
    Sérgio Pedro D’Angelo, Tenente-Coronel da Aeronáutica;
    Carlos Arthur Doherty Lassance, Contra-Almirante;
    Paulo Sobreira da Silva, Brigadeiro;
    Berilo de Lucena Cavalcante, Coronel da Aeronáutica;
    Helio Gonçalves, Brigadeiro;
    João Carlos Gonçalves de Sousa, Coronel da Aeronáutica;
    Alberto Siaudzionis, Coronel da Aeronáutica;
    Luiz Carlos Baginski Filho, Brigadeiro;
    Frederico de Queiroz Veiga, Major-Brigadeiro;
    Italo Regis Pinto, Brigadeiro;
    Guilherme Sarmento Sperry, Brigadeiro;
    Lúcio Valle Barroso, Coronel da Aeronáutica;
    Nélson Zagaglia, Coronel da Aeronáutica;
    Ivan Américo Gonçalves, Capitão do Exército;
    José Lindenberg Câmara, Capitão de Mar e Guerra;
    Mari de Souza Gomes, Funcionária do Itamaraty;
    Paulo José Pinto, Coronel da Aeronáutica;
    Mauro da Silva Amorim, Coronel da Aeronáutica;
    Helius Ferreira Araújo, Major da Aeronáutica;
    Carlos Claudio Miguez Suarez, Coronel do Exército;
    Paulo Filgueiras Tavares, Coronel do Exército;
    Jonas Alves Corrêa, Coronel da Aeronáutica;
    João Carlos Fernandes Cardoso, Brigadeiro;
    Carlos Rogerio Couro Baptista, Advogado;
    Domingos Miguel Antônio Gazzineo, General de Exército;
    Kleber Luciano de Assis, Almirante de Esquadra;
    Paulo Roberto de Freitas Mariano, Engenheiro Mecânico;
    Aparecida Cléia Gerin, Professora;
    Afrânio Ferreira Bressan, Economista;
    Jaime Rodrigues Sanchez, Major-Brigadeiro;
    José Carlos Ferraz, Economista;
    Sylvio Rubens Naccaratto Junior, Coronel da Aeronáutica;
    Helio Imbrosio de Oliveira, Coronel da Aeronáutica;
    Miguel José Neves dos Santos, Coronal da Aeronáutica,
    Edson Campos Reis, Coronel da Aeronáutica;
    Luiz Eduardo de Oliveira Figueiredo, Funcionário do BNDES, Aposentado;
    Ernesto Caruso, Coronel do Exército;
    Benone Augusto de Paiva, Aposentado;
    Manoel Soriano Neto, Coronel do Exército;
    Marco Felício, General de Brigada;
    Maria da Conceição Oliveira Campos, Advogada, ex-professora da PUC MG;
    Sérgio Pinto Monteiro, Tenente do Exército R2, Historiador;
    Gustavo Henrique Albrecht, Major da Aeronáutica;
    Leci Oliveira Peres, Brigadeiro;
    Brival Bello de Souza, Coronel da Aeronáutica;
    Wandimyr Fajardo Gasparello, Professor Universitário;
    Alcyone Samico, Advogado;
    Elson José Apecuitá, Capitão de Mar e Guerra;
    João Cherem Júnior, Capitão de Mar e Guerra;
    Eduardo Taquece Moura, Capitão de Mar e Guerra;
    Manoel Rodrigues de Amaral, Capitão de Mar e Guerra;
    José Batista Pereira, Coronel do Exército;
    Luiz Roberto Brandão Pires, Empresário;
    José Miguel Neves dos Santos, Coronel da Aeronáutica;
    Rubens Morgado Villa Real, Engenheiro Eletricista;
    Hamilton do Rosário Werneck, Auditor Fiscal.   /Por: SCO/STF  Por: Redação BNews 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment