Em nota de repúdio, Toffoli diz que atos conta STF são estimulados pelo governo e financiados “ilegalmente”


    O ministro Dias Toffoli emitiu uma nota de repúdio à mais recente ofensiva contra o Supremo Tribunal Federal (STF) no último sábado, quando manifestantes bolsonaristas dispararam fogos de artifício contra o prédio principal do Supremo na Praça dos Três Poderes, em Brasília.
    Toffoli lamentou o ataque que “simboliza” a rejeição às “instituições democráticas constituídas”. O ministro ressaltou que o próprio Governo Federal tem incentivado estes atos, que segundo ele ainda são financiados “ilegalmente”. 
    Baseado nos princípios da Constituição, de acordo com Toffoli, o STF seguirá imune a qualquer ameaça, seja ela “velada” ou “direta”, para garantir o cumprimento do seu dever. 
    Por fim, avisa que o Supremo irá se resguardar e se defender com todos os “remédios” disponíveis e dentro da lei. /Por: Agência Brasil 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment