Em vídeo, Targino Gondim repudia escolha de Léo Santana para representar a Bahia em live junina: "estou indignado"



    A questionamento e revolta de Leo Macedo ganhou força e se tornou um novo movimento de forrozeiros baianos em defesa do gênero no estado. Tudo começou quando o líder da banda Estakazero criticou a escolha de Léo Santana para representar a Bahia na live da TV Globo, em homenagem ao São João, que acontece neste sábado (20).
    Assim como Macedo, o sanfoneiro Targino Gondim também utilizou seu perfil oficial no Instagram para mostrar repúdio pela escolha de um cantor de pagode para o programa, que vai reunir grandes nomes do forró dos nove estados nordestinos. "Tem Forrozeiros na Bahia!!! Tem Forrozeiros na Bahia! E como tem!! Em todos os municípios baianos temos forrozeiros maravilhosos!", escreveu na legenda. / Por: Reprodução / Instagram


    Questionada pela reportagem do BNews sobre a escolha do Gigante, a TV Bahia apenas afirmou que "participa da produção do São João do Nordeste. Para este ano, convidou o cantor Léo Santana e a banda Forró do Tico, comandada pelo cantor e sanfoneiro Tico Cavalcanti. O projeto de São João da Rede Bahia, que começou no início de junho e se estende até o final do mês, contempla programas especiais, reportagens e entrevistas sobre o São João nos telejornais da TV Bahia. Até o momento, 32 artistas e/ou bandas de forró, da capital e do interior do estado, estão participando do Som do São João, divulgando seus clipes na emissora".
    O questionamento a emissora foi feito depois que o BNews teve acesso às tratativas com Solange Almeida, que é uma cantora baiana, natural de Alagoinhas, mas que vai representar o estado do Ceará durante o programa. Isso porque a artista foi diretamente convidada pela TV Verdes Mares, filiada da Rede Globo, devido à forte relação da artista com o estado, que inclusive é onde ela reside há 20 anos.
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment