"Essa senhora promoveu manifestações inaceitáveis", diz Neto sobre Sara Winter

    Dinaldo Silva/Bnews
    Depois de confirmar nesta terça-feira (2), com exclusividade ao BNews expulsão da ativista bolsonarista de extrema-direita, Sara Winter, do Democratas, o prefeito ACM Neto, que também é presidente nacional do partido, afirmou que as atitudes da filiada são opostas ao que prega a sigla.
    "Essa senhora promoveu manifestações inaceitáveis de desrespeito à democracia, de agressão as instituições. Movimentos que, sem dúvida alguma, flertam com a tendência autoritárias que são inaceitáveis para nosso país. As atituides dela confrontam com o espiríto do Democratas, com os princípios defendidos pelo nosso partido", comentou Neto.
    A declaração foi dada na manhã desta terça-feira (2) durante a segunda etapa de entregas de cestas básicas em parceria com as Forças Armadas, no bairro do no Mercado Municipal de Cajazeiras.
    O posicionamento de Neto segue a linha de outros membros da legenda, como o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), frequentemente atacado por grupos ligados ao presidente Jair Bolsonaro. Responsável por intermeditar a filiação de Sara Winter ao DEM, o deputado Sóstenes Cavalcante já havia admitido ao O Globo que sofria pressão interna pela expulsão da ativista, alvo do inquérito das fake news do Supremo Tribunal Federal (STF).
    Entre os recentes episódios protagonizados por Sara Winter, que usa como pseudônimo o sobronome da espiã britânica nazista (Sarah Winter), estão as ameaças - inclusive de agressão física - ao ministro do STF Alexandre de Moraes, responsável por ordenar o mandato de busca e apreensão não só contra a militante, mas também contra outros deputados e apoiadores bolsonaristas.(Nilson Marinho)
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment