Família cobra da prefeitura de Feira de Santana teste para os pais de jovem morto pelo coronavírus



    Os pais de um jovem que morreu na última quinta-feira (11) em Feira de Santana por causa do coronavírus estão sem saber se foram contaminados. Os idosos chegaram a procurar uma UPA da cidade para fazer o teste, mas o exame teria sido negado pela prefeitura.
    Familiares e amigos de Maurício Mendes da Silva denunciaram o caso através das redes sociais. Eles cobram resposta do prefeito Colbert Martins.
    “Gostaríamos de fazer um desabafo em público e pedir respostas aos órgãos competentes, principalmente ao prefeito da nossa cidade, o senhor Colbert Martins Filho. No dia 11/06/20, faleceu na UPA da Mangabeira um jovem, querido e amado por todos que o conheciam. O nome dele era Maurício Mendes da Silva. Mau (apelido carinhoso) foi vítima de COVID-19 e se foi muito cedo. Infelizmente, não podemos reverter a situação, não o teremos de volta”, começa a publicação compartilhada pela família.
    Em seguida, o grupo explicou que Maurício vivia com os pais e, após a morte do jovem, os idosos estariam sem qualquer explicação ou apoio da prefeitura sobre a realização do exame.
    “Que fantasia é essa que vivemos Sr. Prefeito? Quem tem o direito de fazer o teste? Por que estão negligenciando essa família? O fato de ter tido o contato direto com a vítima não é preocupante? E se fosse com seus familiares, Sr. Prefeito? Também estariam nessa situação? Só queremos uma resposta, só queremos apoio!”, pediram os familiares e amigos de Maurício.
    A prefeitura de Feira de Santana informou ao BNews que as providências para o atendimento aos pais do jovem foram adotadas pela Vigilância Epidemiológica Municipal na sexta-feira (12), “dentro do menor prazo que foi possível, diante da grande demanda que o setor vem recebendo nos últimos  dias por conta da Covid-19”. No entanto, os testes ainda devem ser realizados neste domingo (14).  / Por: Reprodução/ Redes sociais  Por: Márcia Guimarães
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment