Lançamento do próprio banco da XP foi a gota d’agua para briga com o Itaú, diz jornal


    O clima azedo entre a XP Investimentos e o banco Itaú tende a continuar. O caldo grosso do caso se valeu desde o Itaú colocar no ar um peça publicitária que mexeu o dedo na ferida da XP, a qual também é acionista. A XP retrucou a altura. De acordo com o Valor, a XP começou a incomodar o banco em diversas frentes, como a Renda Fixa e, a gota d’água foi o lançamento do seu próprio banco, com auxílio de José Berengues, ex-JP Morgan. Ambos os presentes das instituições não trocaram palavras após a guerra pública, mas agora tentam colocar panos quentes em toda a história. 
    De acordo com o Valor Econômico, Bracher, do Itaú, afirmou: “Nossa competição sempre foi e sempre será na bola”. A referência faz parte de uma live sua o qual alega que a campanha não fora feita para atingir ninguém. Numa live do escritório Blue Trade, Guilherme Benchimol, fundador da XP, disse esperar que a confusão tenha sido superada, mas reiterou que o Itaú é apenas sócio investidor e é contraditório ser acionista se “talvez diga que aquilo lá não seja tão bom assim”.
    O Itaú detém 46% do capital total da XP e 32,49% das ações ON. Em 2022, tem a opção de adquirir uma fatia adicional, mas o contrato terá de ser submetido novamente ao Banco Central. 

     Por: Reprodução  Por: Redação BNews
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment