Bancada de oposição ainda não discutiu PEC sobre reeleição à presidência da AL-BA, diz Reis


    O vice-prefeito Bruno Reis (DEM) disse que não tem acompanhado os movimentos na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) para a aprovação de uma Proposta de Emenda a Constituição (PEC) para viabilizar a reeleição para o cargo de presidente da casa. No início da semana, o BNews noticiou que uma articulação discreta estava em andamento para tentar aprovar o texto durante a pandemia
    Questionado pelo BNews sobre a questão na manhã desta sexta-feira (31), Reis reafirmou que que está focado no combate aos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus, mas lembrou que historicamente a bancada de oposição costuma "fechar questão" em relação a um tema para demonstrar sua força.
    Contudo, ele destaca que antes de qualquer coisa será necessário aguardar se a PEC deve ou não vingar. O pré-candidato a prefeitura de Salvador afirmou que soube pela imprensa que o presidente da AL-BA, Nelson Leal (PP), o deputado Adolfo Viana (PSD) e o governador Rui Costa (PT) se reuniram durante a semana para debater o assunto.  
    Um acordo firmado em 2018, tendo Rui com fiador e realizado antes de Leal assumir a presidência da casa, garantia a Menezes  de que ele receberia apoio para a eleição da mesa diretora do Legislativo em 2021.
    “Também não sabemos qual foi o resultado do encontro. A bancada de oposição ainda não firmou um posicionamento. No momento certo vamos nos reunir para definir qual a posição. Estamos aguardando as cenas dos próximos capítulos", comentou. Questionado na última terça-feira (28) sobre a possibilidade de viabilizar sua reeleição ao posto, Leal preferiu desconversar. /

    Por: Dinaldo Silva/Arquivo Bnews
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment