Câmara pede ao Supremo anulação de buscas em gabinetes de deputados


    Dois pedidos de anulação das buscas realizadas nós gabinetes dos deputados federais Paulinho da Força (Solidariedade) e Rejane Dias (PT) foram apresentados pela Câmara dos Deputados ao STF, nesta terça-feira (28).
    Segundo a Casa, o material apreendido nas dependências da Câmara tem de ser encaminhado ao Supremo. Ainda segundo a petição apresentada, a operação de busca e apreensão nos gabinetes dos deputados “coloca claramente em risco o pleno e regular exercício do mandato”.
    O gabinete de Paulinho da Força foi alvo de buscas no dia 14 de julho, no âmbito da Lava Jato. Ele é suspeito de caixa 2 e lavagem de dinheiro. Rejane Dias foi alvo de buscas ontem, em uma operação que apura irregularidades na área da educação no Piauí, com possível superfaturamento de contratos de transporte escolar. / Por: Divulgação/Solidariedade 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment