Estaleiro Enseada faz primeiro embarque e inicia operação como terminal portuário


    Estaleiro Enseada do Paraguaçu, localizado em Maragogipe, recôncavo baiano, deu início nesta sexta-feira (31) à primeira operação de exportação de minério de ferro do terminal da empresa em São Roque do Paraguaçu. 
    O navio Star Athena atracou no terminal do estaleiro para o primeiro embarque de minério de ferro da Brazil Iron, que produz no município de Piatã, na região da Chapada Diamantina.
    A partir de agora, o Estaleiro Enseada inicia a operação do terminal especializado em minério de ferro, que será o principal mote da retomada econômica. Além dela estão ainda a área industrial e a construção de navios.
    O estaleiro já foi contratado para a construção de duas embarcações porta-contâineres, que serão utilizados para o transporte de cabotagem em 2021. Paralisado por cancelamentos de projetos e desde outubro de 2019 em recuperação judicial, o estaleiro agora ganha fôlego com a construção desses dois navios, que tem previsão de gerar 750 empregos
    O serviço de logísticca inclui ainda a exportação de minério de ferro da Bamin, empresan que já fez parceria com o Estaleiro.
    A retomada das operaçoes contou com o apoio do Governo do Estado. Em contato com o Bahia Econômica, o secretário da Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, ressalta o esforço do governo para reativar um ponto importante para a exportação de minérios no estado.
    “É muito importante para a Bahia que o Estaleiro Enseada passe a atuar como terminal portuário, constituindo-se em mais uma alternativa para a exportação de minérios, uma área em que a Bahia tem enorme potencial. Além disso, a retomada das operações era um objetivo do governo do Estado para recuperar os negócios em uma área que estava sofrendo economicamente com o encerramento das atividades da empresa”, disse o secretário. /Por: Divulgação/Ascom 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment