Fake News: OMS não retirou a maconha da categoria de drogas ilícitas


    Uma fake news estava circulando na internet envolvendo a Organização Mundial da Saúde (OMS), onde teria removido a maconha da categoria de drogas ilícitas. O site ‘Medicina News’ publicou a notícia no Facebook no dia 29 de julho e já foi compartilhado por mais de 2,5 mil pessoas. 
    Segundo a apuração da Agência Lupa, a informação é falsa. A assessoria de imprensa da OMS declarou, em nota, que a cannabis é uma droga e que não fez nenhuma divulgação recentemente sobre o assunto. Ainda reiterou que a maconha pode acarretar diversos problemas de saúde, incluindo o desenvolvimento cognitivo e o desempenho psicomotor, além de gerar dependência.
    A OMS classifica a droga como “ilícita”, mas, vale lembrar, que em outros países  como Uruguai, Holanda é permitido o uso recreativo da substância. Aqui no Brasil, o tratamento à base de cannabis medicinal aumentou durante a pandemia.   /Por: Reprodução / redes sociais 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment