Jovem picado por naja é preso no Distrito Federal


    A polícia do Distrito Federal prendeu, na manhã desta quarta-feira (29), o estudante de medicina veterinária Pedro Henrique Santos Krambeck Lehmkuhl, 22 anos, picado por uma cobra naja que criava de estimação.
    O mandado de prisão foi cumprido no Guará, no apartamento onde ele mora com a mãe e o padrasto, um coronel da Polícia Militar. O casal também é investigado por suposto crime ambiental e ocultação de provas.
    A serpente, apesar de não ser natural de nenhum habitat brasileiro, era mantida enjaulada pelo estudante. A suspeita é de que o animal tenha sido levado para o Distrito Federal a partir de uma licença irregular, emitida por uma servidora do próprio Ibama, que já foi afastada do cargo. 

     Por: Reprodução  
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment