MULHER SEM SINTOMAS INFECTA 71 PESSOAS NA CHINA

    (Foto: Getty Images)
    Uma mulher assintomática – que teve seu nome preservado – não sabia que tinha infectada com o coronavírus e formou uma cadeia de contaminação que chegou a pelo menos 71 pessoas. Ela havia feito uma viagem aos Estados Unidos e retornou a Heilongjiang, na China, no dia 19 de março quando chegou em casa, usou o elevador sozinha e foi orientada a fazer um isolamento por 14 dias.
    No dia seguinte, quando o país já registrava oito dias sem nenhum caso da doença, um vizinho da viajante entrou no prédio, usou o elevador para chegar em casa e recebeu a visita de sua mãe e o namorado dela. Esses últimos dois foram a uma festa em 26 de março e se encontraram com um grupo de pessoas.
    Uma das pessoas que estava no grupo sofreu um derrame e foi levada ao hospital no dia 2 de abril, segundo informações do site Metro.co.uk. Como não havia um vínculo claro entre ele e a mulher que viajou aos Estados Unidos, ele não foi testado para o vírus até então. O paciente recebeu a visita de seus dois filhos e compartilhou a mesma equipe médica e itens, como microondas, com outros pacientes na enfermaria e, posteriormente, foi transferido para um segundo hospital.
    As autoridades sanitárias de Heilongjiang acenderam o sinal de alerta quando a mãe do vizinho testou positivo para a Covid-19 e começou um rastreamento para identificar todas as pessoas com que ela e o namorado tiveram contato nas últimas duas semanas. As conclusões foram que, inconscientemente, a vizinha assintomática voltou da América do Norte infectada pelo coronavírus, era assintomática e transmitiu para o vizinho por conta do uso do elevador.
    Os cientistas acreditam que o elevador do apartamento deve ter sido contaminado com o vírus depois que o viajante o usou e inconscientemente infectou o vizinho. O alarme soou depois que o namorado de sua mãe desenvolveu sintomas Covid-19 em 7 de abril e a família mais tarde deu positivo. As autoridades começaram a rastrear todos com quem haviam estado em contato nos 14 dias anteriores.
    “Acreditamos que [a viajante] era portadora assintomática e que o vizinho foi infectado pelo contato com superfícies no elevador do prédio onde ambos moravam. Nossos resultados ilustram como uma única infecção assintomática por Covid-19 pode resultar em transmissão generalizada da comunidade”, afirmaram pesquisadores em entrevista à revista Emerging Infectious Diseases.(Bahia Econômica)
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment