'Não sou bolsonarista como dizem', diz empresário Luciano Hang


    Cotabilizado por ser apoiador ferrenho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o empresário Luciano Hang, dono da empresa varejista Havan, negou que seja bolsonarista em entrevista à revista Veja publicada nesta sexta-feira (31).
    “Não sou bolsonarista como dizem. […] Naquilo que o governo fizer certo, vou defendê-lo. Naquilo que fizer errado, vou criticá-lo [...] Muitos empresários não se envolvem na política com medo de receber represália em qualquer órgão, seja municipal, estadual ou federal. Eu me envolvi para mudar isso e ajudar a reduzir a burocracia para não ficarmos a mercê de um burocrata”, justificou Hang.
    O dono da Havan é um dos alvos que até aqui foi mais atingido no inquérito conduzido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) que apura esquema de disseminação de notícias falsas. Ele reclamou por ter tido a sua conta pessoal no Twtitter bloqueada.
    “Não faço fake news. Estou sendo cerceado no direito de ter as minhas redes sociais. […] Fiquei decepcionado. Tenho 8,5 milhões de seguidores. No Código Penal, há diversas formas de você punir alguém que faz alguma coisa errada. Tem calúnia, difamação, danos morais. Eu sou muito atacado por blogs, sites e jornais de esquerda, que falam mentiras sobre mim. E aí processamos cada um. É assim que tem que ser", criticou Hang.  /Por: Reprodução/Facebook 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment