PF desmonta esquema de extração ilegal de madeira no Pará; agentes públicos são afastados


    A Polícia Federal deflagou nesta quarta-feira (29) uma operação com o objetivo de desmontar um esquema de extração ilegal de madeira no Pará. São cumpridos ao todo 60 mandatos, sendo 14 de prisão e sete de afastamento de emprego ou de funções públicas.
    Além de 28 mandados de busca e apreensão, ainda são cumpridos quatro de suspensão da atividade de natureza econômica e sete de sequestro de bens.
    De acordo com informações da coluna Radar, a operação tem como alvo grandes madereiros das regiões de Brasil Novo, Medicilândia e Uruará, na Amazônia.
    O esquema contava com a participação de servidores públicos da secretaria do Meio Ambiente do estado, assim como advogados e engenheiros florestais. Todas as etapas da cadeira produtivas eram comandadas pela organização criminosa, não apenas a extração, mas também incluia a serragem, a falsificação de documentos, fiscalização e o tranporte e compra da madeira extraída ilegalmente.  / Por: Arquivo/Agência Brasil  
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment