Prefeito de Aracaju anuncia reabertura parcial do comércio e aumento da frota de ônibus


    O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), anunciou reabertura gradual das atividades econômicas a partir desta sexta-feira (31). Além disso, a frota de ônibus da capital passará a operar com 80% da capacidade em horário de pico. A decisão foi tomada em reunião com o Comitê de Operações Emergenciais (COE).
    Edvaldo afirmou que a base para a reabertura é a diminuição no número de pessoas internadas nos hospitais, bem como a redução das mortes em decorrência do novo coronavírus (covid-19) em Aracaju. Segundo o prefeito, “é possível seguir as decisões do decreto estadual, com a reabertura gradual das atividades, também em Aracaju”.
    “Observamos que há uma queda, tanto no número de internamentos como também nos casos de óbitos. Pela média móvel dos últimos sete dias, comparada aos 14 dias anteriores, que é o novo parâmetro utilizado por nós para medir o avanço da doença, foi constatada uma queda de 15% nos internamentos em leitos de retaguarda e de 35% no índice de mortalidade em Aracaju. Ainda há um número elevado de casos, mas já há também uma estabilidade nos últimos 14 dias”, destacou o prefeito.
    Sobre os estabelecimentos autorizados a reabrir, Edvaldo afirmou que: “A partir de hoje [sexta-feira (31)] estão autorizados a abrir todos os serviços que já haviam sido considerados como essenciais, assim como os que foram reenquadrados na mesma categoria, no anúncio realizado ontem pelo Governo. Templos e atividades religiosas também estão autorizados a abrir, com a capacidade máxima de 30%, quatro vezes por semana, às terças, quintas, sábados e domingos”.
    Pelo novo decreto, estão autorizados a reabrir serviços de fisioterapia, odontologia, terapia ocupacional, nutrição, psicologia, fonoaudiologia e podologia. Se somam a eles escritórios de prestadores de serviços e serviços em geral (publicidade, agências de viagem, etc), operadores turísticos e atividades de treinamento de desporto profissional, lojas de calçados, confecções e utensílios.
    Também terão permissão para retomar às atividades, todos os dias da semana, lojas de cosmético, livrarias, salões de beleza, barbearias e de higiene pessoal, lojas de artigos de escritórios e papelaria.
    Igrejas e templos religiosos também estão autorizados a funcionar, com capacidade máxima de 30% e por quatros dias na semana (terças e quintas-feiras, sábados e domingos), desde que sejam seguidos todos os protocolos sanitários.
    Ficou estabelecido pelo decreto municipal o aumento da frota do transporte coletivo, que passará a operar com 80% da capacidade, em horário de pico, a partir de quarta-feira (5). Já nos finais de semana e fora do horário de pico, o quantitativo de ônibus segue em 50%. /Por: Roberta Cesar/AjuNews
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment