Toffoli autoriza Geddel a sair de casa para realizar exames no Hospital da Bahia


    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, autorizou Geddel Vieira Lima a sair da prisão domiciliar para realizar exames no Hospital da Bahia, em Salvador, na tarde desta quarta-feira (29).
    O pedido foi feito pela defesa do emedebista na petição que deferiu o pedido de domiciliar humanitária ao baiano, peça processual atrelada à ação penal que apura o caso dos R$ 51 milhões encontrados em um apartamento na capital baiana.
    “Considerando a data marcada para a realização dos exames, defiro o pedido nos termos em que formulado. Comunique-se, com urgência, ao Juízo da 2ª Vara de Execução Penal da Comarca de Salvador e à Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização estadual”, escreveu Toffoli ao autorizar a realização dos procedimentos médicos.
    prisão domiciliar humanitária de Geddel foi autorizada pelo STF em 14 de julho, em razão de o ex-ministro apresentar problemas de saúde comprovados por laudo médico, o que o colocou em situação de risco de morte. Ele estava custodiado no Centro de Observação Penal da Mata Escura, em Salvador. /Por: Agência Brasil 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment