“Uma vitória para Santo Amaro”, afirma Bira Corôa após Câmara derrubar doação de terreno da UFRB para fábrica


    Bira Corôa foi autor de projeto que doou um prédio que era de propriedade do Estado para a instalação de sede da administração da universidade no local.
    “Acompanho a implantação da Universidade do Recôncavo desde a origem. Participei de todas as audiências públicas e do processo quando foi assinado o termo de convênio com a universidade em 2012”, lembrou o ex-deputado, em entrevista ao BNews.
    Bira se posicionou contra a instalação da Orbi Química, empresa que fabrica produtos de limpeza automotiva, álcool, solventes e resinas de cola, na cidade de Santo Amaro. Segundo ele, a iniciativa seria prejudicial em aspectos ambientais, educacionais e para a qualidade de vida dos moradores.
    “A Câmara foi sensata em não votar a proposição do prefeito. Seria um absurdo por vários fatores. O primeiro é que tirar uma área que foi colocada para uma universidade já fere todos os princípios da luta para um ensino público de qualidade”, pontuou.
    “Além disso, há o confronto ambiental. A área não é propícia para instalação de uma indústria química. Ela está à margem do rio Subaé, no limite com uma zona de manguezal. Santo Amaro já tem um retrato muito duro da falta de compromisso da antiga fábrica de chumbo, a extinta Cobrac, que até hoje há pessoas vitimadas da contaminação do chumbo e de outros derivados”, ressaltou.
    O ex-deputado criticou ainda a intenção do prefeito de Santo Amaro, Flaviano Bonfim (PP), de instalar a fábrica.
    “Não entendi essa disposição do prefeito de fazer essa discussão nesse momento, em um ano que estamos atravessando uma pandemia. Ele olhou apenas a questão eleitoreira, um discurso fácil de que vai dar emprego às vésperas de uma eleição, sem medir as consequências. Essa empresa jamais estaria instalada até dezembro desse ano, porque ainda haveria as dificuldades de conseguir as licenças ambientais. A decisão da Câmara é uma vitória para Santo Amaro. Uma conquista para o povo santamarense. Uma vitória da cidadania”, concluiu.
    Leia também:
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment