Bolsonaro diz que não apoiará candidatos a prefeito no 1º turno das eleições


    O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (28) que decidiu não apoiar nenhum candidato a prefeito no primeiro turno das eleições municipais deste ano.
    Em mensagem nas redes sociais, o presidente desejou sorte tanto aos eleitores como aos postulantes e acrescentou que não se filiará a nenhum partido neste ano.
    "Decidi não participar, no primeiro turno, nas eleições para prefeitos em todo o Brasil. Tenho muito trabalho na Presidência da República e, tal atividade, tomaria todo meu tempo em um momento de pandemia e retomada da nossa economia", ressaltou.
    Na quarta-feira (26), o presidente se reuniu com deputados aliados do PSL para discutir a sua volta à legenda. No encontro, no entanto, ele disse que só tomará uma decisão no próximo ano, caso não seja possível viabilizar a criação da Aliança pelo Brasil.

    "Em comum acordo, tenho conversado com três partidos para o caso de não se concretizar a tempo o Aliança pelo Brasil. Nessa segunda hipótese, de ambos os lados, se impõe condições para essa filiação. Isso também decidi que somente poderia acontecer em 2021", disse.
    Além do PSL, o presidente avalia ingressar no PTB, do ex-deputado Roberto Jefferson, ou no Republicanos, partido em que estão filiados seus filhos Flávio e Carlos.
    Na reunião com o PSL, o presidente disse, segundo parlamentares presentes, que só irá retornar à legenda se forem afastados desafetos políticos, como os deputados federais Joice Hasselmann (SP) e Delegado Waldir (GO). /Por: Arquivo / Presidência  Por: Folhapress
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment