Bruno Covas admite que São Paulo pode cancelar São Silvestre 2020


    O prefeito Bruno Covas (PSDB-SP) admitiu a possibilidade de cancelamento da São Silvestre 2020. “Se fosse hoje, não poderia ocorrer. 
    Fica ao organizador privado o risco de esperar o dia 31 de dezembro. Já deixamos claro que a situação precisa mudar para que a Prefeitura possa autorizar um evento como esse”, afirmou.
    A Fundação Cásper Líbero, organizadora da prova, diz que está estudando alternativas e deve anunciar a decisão na próxima semana. Se a São Silvestre for cancelada, será a primeira vez na história que a corrida de rua não será disputada desde sua criação, em 1925. /Por: Zanone Fraissat/Folhapress 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment