Carla Cristina revela que ganhava apenas R$ 500 de cachê no auge com o grupo As Meninas; assista



    "Analisando essa cadeia hereditária, quero me livrar dessa situação precária. Onde o rico fica cada vez mais rico e o pobre cada vez mais pobre". Mais de 20 anos depois do sucesso, eis que as frases do hit 'Xibom Bombom’, cantadas pelos quatro cantos do Brasil por Carla Cristina, ganham ainda mais sentido.
    Em entrevista para jornalista Lisa Gomes, no Youtube, a cantora baiana justificou a tal "situação precária" da música. Durante o bate-papo, ela revelou que mesmo no auge com o grupo As Meninas, ganhava apenas R$ 500 de cachê, sendo a vocalista, e que outras integrantes faturavam apenas R$ 100 por show.
    “Ganhava por show uns 500 reais e as meninas (da banda) ganhavam bem menos, uns 100 reais, por aí. Isso me incomodava muito, as meninas estavam com a cara no projeto, na televisão e não tinham condições de comprar um carro para se locomover. Ficavam gastando dinheiro com transporte, de táxi, era bem delicado. Enfim, é passado, deixa pra lá”, desabafou a cantora.
    No entanto, Carla garante que nunca teve uma vida difícil financeiramente, por ter uma família estruturada. “Só o empresário ganhou dinheiro, hoje vivo muito bem do que eu produzo. Na verdade sempre tive uma condição financeira confortável, minha família é bem estruturada. Hoje sim, eu vivo muito bem da música, consigo manter um padrã
    o de vida confortável, mas na época das meninas ficava pai e mãe pagando contas”, contou. /

     Por: Reprodução / Instagram / Rodolfo Tavares

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment