Casas de ração e pet shops podem ser inclusos como serviços essenciais em bairros com restrições


    Uma petição foi elaborada para solicitar ao prefeito ACM Neto a inclusão das casas de ração e pet shops como serviços essenciais nas localidades com medidas restritivas por conta da pandemia do coronavírus. A inciativa é da vereadora Marcelle Moraes (DEM), após uma reunião nesta terça-feira (04), com representantes da categoria. 

    De acordo com a parlamentar, o fechamento dos estabelecimentos durante o período da restrição regionalizada "interfere diretamente na compra de produtos fundamentais para o cuidado dos animais como alimentos e medicamentos de uso veterinário". 

    “Acreditamos que o prefeito ACM Neto e o secretário Sergio Guanabara serão sensíveis ao nosso pleito. São estabelecimentos onde dificilmente são constatadas aglomerações e podem funcionar com a adoção dos protocolos gerais elaborados pelos órgãos sanitários sem oferecer riscos de contaminação pela Covid-19”, defendeu Marcelle.

    O mercado brasileiro é o segundo maior mercado do mundo no ramo pet e só cresce, mesmo sendo o quarto país em números de animais. De acordo com o SEBRAE, esse segmento movimenta mais de R$34,4 bilhões no país, gerando emprego e renda para população. /

    Por: Divulgação 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment