Condenado no mensalão, Valdemar Costa Neto se reuniu com Bolsonaro em meio à negociações com Centrão


    O presidente do Partido Liberal (PL) e um dos mais conhecidos líder do grupo político conhecido Centrão, Valdemar Costa Neto teve dois encontros com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em meio às negociações do Planalto com o bloco político. As informações são da Revista Crusoé.
    Nenhum dos encontros constava na agenda oficial do presidente da República. Ainda segundo a publicação, Costa Neto combinou com a equipe de Bolsonaro sua entrada pela garagem, para não chamar a atenção da imprensa e de pessoas próximas à situação. 
    Ex-deputado federal, Valdemar Costa Neto foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a sete anos e dez meses de prisão, em regime semiaberto, e a pagar multa que ultrapassou R$ 1 milhão por suas participação no caso do Mensalão. Recentemente, ele virou réu por peculato, corrupção passiva e fraude à licitação em um esquema de superfaturamento nas obras de trecho da Ferrovia Norte-Sul. /Por: José Cruz/Agência Brasil e Alan Santos/PR
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment