Decisão sobre retorno de Queiroz à cadeia é adiada após STJ estender licença médica


    A Corte especial do Superior Tribunal de Justiça estendeu a licença médica de Fabrício Queiroz até a próxima segunda-feira (10). Com a decisão, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro ganhou fôlego em prisão em domiciliar. Desta forma, o ministro Félix Fischer só decidirá a partir da próxima semana se manda Queiroz de volta à cadeia como quer a Procuradoria-Geral da República.
    Em 27 de julho, Queiroz fez uma cirurgia de urgência para desobstrução intestinal, ocasionada por uma hérnia. No último domingo, voltou ao hospital após passar mal.
    Relator do caso Queiroz no tribunal, Fischer já recebeu no gabinete o recurso da PGR contra a decisão de João Otávio de Noronha que, durante o recesso de julho, concedeu prisão domiciliar ao ex-assessor de Flávio Bolsonaro e à mulher, que estava foragida.
    A PGR quer uma reconsideração monocrática da decisão de Noronha ou ao menos que o caso seja submetido à Quinta Turma. /Por: Divulgação 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment