Gilmar Mendes manda soltar secretário de Doria, Alexandre Baldy


    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes mandou soltar o secretário de Transportes de São Paulo, Alexandre Baldy (PP), em decisão temporária. Baldy estava preso desde esta quinta-feira  (6) por decisão do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.  / Por: Arquivo/ Agência Brasil
    Baldy teve a prisão temporária decretada pela primeira instância da Justiça Federal do Rio de Janeiro na Operação Dardanários, que apura fraudes em contratações da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Baldy recebeu propinas da organização social Pró-Saúde, para favorecê-la em contratações com o Poder Público. Os repasses teriam sido feitos quando ele exercia os mandatos de deputado federal e de ministro das Cidades, no governo Michel Temer.
    A Operação Dardanários foi deflagrada na quinta-feira (6) e também resultou na prisão, dentre outros, de Rafael Bastos Lousa Vieira, que também teve liminar negada pelo desembargador Abel Gomes. Ontem mesmo, Baldy pediu licença de 30 dias do cargo.

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment