Governo estuda aplicar em obras verbas que eram reservadas para estados e municípios combaterem Covid-19


    Os recursos federais que estavam reservados para aplicação em ações de combate à pandemia em estados e municípios podem ser gastos pelo governo em obras de infraestrutura. A informação é da Folha de S. Paulo. Até julho, o Ministério da Saúde havia aplicado apenas 29% da verba emergencial no valor de R$ 38,9 bilhões. 
    Ainda segundo o jornal, o Ministério da Economia estuda enviar ao Congresso um pedido de abertura de crédito extraordinário (que não é limitado pelo teto) para usar em obras. A ideia é usar o dinheiro para não ultrapassar o limite de gastos.
    Bolsonaro passou a ser pressionado por sua base e parte dos ministros para abrir mão do teto de gastos para expandir investimentos. O presidente, durante pronunciamento nesta semana, assegurou que o governo respeita o teto e tem responsabilidade fiscal, mas voltou atrás quando em outra ocasião declarou que pode ultrapassar o limite de gastos públicos do país em casos considerados emergenciais, como obras e ações de combate à pandemia. / Por: Cleber Caetano/PR 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment