Lava Jato: Ministro do TCU tem R$ 4 milhões em bens bloqueados


    O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Vital Rego, teve R$ 4 milhões em bens bloqueados pela Justiça. Ele é investigado no âmbito da Operação Lava Jato por suspeita de recebimento de propina paga por executivos de empreiteiras, para que elas fossem blindadas na CPI da Petrobras no Senado.
    O mandado foi expedido com base no acordo de delação premiada com o ex-executivo da OAS, Léo Pinheiro.
    A propina, de acordo com o Ministério Público Federal (MPF), teria sido paga pela OAS na época em que Vital Rego era presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). Os valores teriam sido repassados por meio de doações ao PMDB e também a empresas na Paraíba.
    A fase da operação, nomeada de "Ombro a Ombro", cumpre nesta terça-feira (25) 15 mandados de busca e apreensão nas cidades de Cabedelo, João Pessoa e Campina Grande, e também em Brasília, segundo informações do G1.
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment