Mortes violentas têm redução de 7,8% em julho na Bahia, afirma SSP


    Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), que reúnem homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte, apresentaram redução de 7,8% no mês de julho, na Bahia, comparando com o mesmo período do ano passado. O resultado foi divulgado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) nesta quarta-feira (5).
    De acordo com a SSP-BA, a Região Metropolitana de Salvador (RMS) foi destaque com queda de 30,6%. Já no interior, as mortes recuaram 5% e, em Salvador, foi registrado um aumento de 1,3%.
    Em números absolutos, em julho de 2020 aconteceram 365 mortes, enquanto no mesmo período do ano passado a polícia computou 396 óbitos. “Continuamos combatendo o tráfico de drogas, crime relacionado à 80% das mortes. Importante, além das ações policiais, discutirmos a questão do consumo. Quem usa droga financia as armas usadas pelos traficantes contra seus rivais e usuários com dívidas”, alertou o comandante de Operações da PM, coronel Humberto Sturaro.
    O diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado José Bezerra, por sua vez, destacou o trabalho realizado na RMS, principalmente no município de Camaçari, através da 4ª DH. “Foram 12 casos, em julho, contra 22 no mesmo período do ano passado. É um trabalho incessante”, completou. No total, a RMS contabilizou 43 casos este ano, contra 62 registros em 2019.
    Salvador, por sua vez, fechou com uma morte a mais do que no ano passado (76 contra 75). Nos 403 municípios do interior do estado aconteceram 246 mortes violentas, em 2020, contra 259, no mês de julho de 2019.  /Por: Divulgação/SSP-BA 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment