MP não encontrou saques nas contas de Flávio para pagamentos de contas por Queiroz


    O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) admitiu que seu ex-assessor Fabrício Queiroz pagava suas contas pessoais, mas cruzamento de dados bancários com imagens de câmeras de segurança de uma agência na própria Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), o MP afirmou que Flávio e a esposa não haviam feito nenhum saque nos 15 meses anteriores ao pagamento. 
    Segundo O Globo, Flávio afirmou que a origem dos recursos é lícita, sem relação com os possíveis desvios investigados em seu antigo gabinete na Alerj. O MP-RJ afirma que Queiroz pode ter sido o responsável por até R$ 286,6 mil em pagamentos e transferências em espécie para cobrir despesas do casal. 
    Os valores se referem a repasses em 2011 e pagamentos de mensalidades escolares e do plano de saúde da família de Flávio, entre janeiro de 2013 e dezembro de 2018. 
    Os promotores investigam outros 114 boletos bancários das escolas das filhas e do plano de saúde da família do senador, cujos valores não foram debitados das contas do casal. / Por: Redação BNews
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment