Mulher é morta e tem bebê roubado pela amiga em Eunápolis



    A Polícia Civil de Eunápolis concluiu as investigações do homicídio de Sílvia Letícia Araújo Queiroz, 26 anos, encontrada morta dentro de casa no dia 05 de janeiro. Ela teve o filho recém nascido raptado. O órgão concluiu que a amiga de Sílvia, Helainne, de 23 anos, é autora do homicídio e do sequestro. Ela fugiu após o crime e deixou a criança escondida com o namorado. 

    Conforme apurado pela polícia, Helainne havia dito ao seu companheiro que estava grávida e para que o plano desse certo, ela precisa de um bebê, portanto, matou Sílvia, que era mãe do recém-nascido. Essa seria a  motivação do crime. 

    A autora já tem passagem por tráfico de drogas e agora, de acordo com a PC, foi indiciada por homicídio e subtração de incapaz, possui mandado de prisão preventiva em aberto e está foragida da Justiça.  / Por: Redes sociais 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment