PGR manda ofício ao Rio pedindo informações de depósitos da JBS para Wassef


    A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou nesta quinta-feira (20) um ofício ao Procurador-Geral de Justiça do Rio, José Eduardo Gussem, solicitando informações ao Ministério Público estadual sobre os valores recebidos pelo advogado Frederick Wassef provenientes da JBS.
    Segundo a revista Crusoé, um relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) mostra pagamentos de R$ 9 milhões do frigorífico para o ex-advogado de Flávio Bolsonaro e amigo do presidente Jair Bolsonaro.
    A PGR diz que os repasses podem, em tese, influenciar o julgamento do pedido de rescisão de acordo de colaboração premiada firmado com os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, em trâmite no Supremo Tribunal Federal.  /Por: Alan Santos/PR 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment