Preso na Operação Placebo, Pastor Everaldo diz “confiar na Justiça”


    O ex-candidato a presidência da República em 2014, Pastor Everaldo e  atual presidente do PSC, foi preso, nessa sexta-feira (28), pela Polícia Federal, na Operação Placebo. Em nota, o pastor disse confiar na Justiça. "O Pastor Everaldo sempre esteve à disposição de todas as autoridades e reitera a confiança na Justiça", diz a nota  enviada à CNN. Na mesma operação o STJ   determinou o afastamento do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC).  
    A Operação Placebo, segundo a PF, apura indícios de desvios de recursos públicos destinados ao atendimento do estado de emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (Covid-19), no Estado do Rio de Janeiro. /Por: Arquivo/ Agência Brasil 
     
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment