Após investigação no MP-BA, delegada se pronuncia em rede social: 'Calúnias inventadas, vou processar todos'



    A pós o ínicio de uma investigação pelo Grupo de Apoio Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público estadual (Gaeco), por suposto envolvimento com organização criminosa, a delegada Maria Selma Pereira Lima resolveu se pronunciar sobre o caso que veio à tona nesta terça-feira (08).  

    A acusada publicou um vídeo na manhã desta quarta (09), em seu Instagram e cravou que vai processar a todos que entraram contra ela com uma representação no Ministério Público da Bahia (MP-BA). Emocionada, ela afirmou que não passa de uma "vingança". 

    "Estou aqui em respeito a vocês, meus 12 mil seguidores, para dizer que essas calúnias foram inventadas por essa delegada que foi presa recentemente por tortura. 'Tá' se vingando. E por esses quatros investigadores que eu tirei da delegacia de veículos porque estão respondendo na Justiça e corregedoria por extorsão, vou processar todos e confio na Justiça por que vai chegar a verdade real", bradou.  

    Conforme publicado pelo BNews a exoneração da delegada do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) ocorreu na última quinta-feira (3). Além de Maria Selma, mais 37 pessoas foram exoneradas. A publicação do DOE chama a atenção pela demissão do delegado de polícia Civil, Antonio Cardoso Júnior, que já passou pelas 10ª e 27º DT, por exemplo.   /Por: Reprodução/ Instagram

    Assista:
     
      


    Leia também:
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment