Após revolta de Anitta, Google pretende modificar significado da palavra patroa em suas buscas


    Patroa é patroa mesmo. Depois que Anitta expôs que a definição da palavra aparecia no Google de forma depreciativa, a empresa decidiu de pronunciar e prometeu providências. Em pronunciamento oficial, o Google afirma que não tem controle editorial sobre definições geradas por seus parceiros --o site utiliza as material fornecido pelo dicionário da Universidade de Oxford, prestigiada instituição localizada na Inglaterra.
    "Quando as pessoas pesquisam por definições de palavras na Busca, frequentemente, elas desejam informações de maneira rápida. Por isso, trabalhamos para licenciar conteúdos de dicionários parceiros, neste caso da Oxford Languages. Não temos controle editorial sobre as definições fornecidas por nossos parceiros, mas reconhecemos a preocupação neste caso e vamos transmiti-la aos responsáveis pelo conteúdo", informou o Google.
    Na quarta-feira (9), Anitta postou Stories no Instagram com tom de voz revoltado, em que mostrava a diferença de tratamento para homens e mulheres que encontrou a partir das definições de patrão e patroa. "Que po.. é essa, mano? Vá para a ponte que pariu. Porque patroa é a mesma coisa que está escrito lá no patrão. Dona e proprietária do cacete que eu quiser. Mano do céu, inacreditável. Não tô acreditando que isso está no nosso dicionário".
    Matéria relacionada
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment