Conquista: "O prefeito foi blindado", diz autor de impeachment contra Herzem Gusmão


    O vereador David Salomão (PRTB) afirmou que o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, foi "blindado" pela Câmara Municipal. Os vereadores rejeitaram as propostas de processo de impeachment, em votação na manhã desta quarta-feira (9).
    "O impeachment não foi rejeitado. O prefeito foi blindado. O que votou hoje foi o juízo de admissibilidade. Quem não deve, não teme. Por que a Câmara blindou o prefeito a ponto de nem investigar as nossas acusações? O processo licitatório é claro na legislação federal. O prefeito confessou, inclusive, a culpa quando abriu o processo licitatório quando assim que a gente encaminhou a denúncia do impeachment", declarou o edil, ao BNews.
    "A Câmara de Vereadores tem o papel de fiscalizar o prefeito, a boa gestão dos recursos públicos, e na verdade fizeram o contrário. Atuaram, inclusive, como advogados do prefeito lá dentro da Câmara. O próprio jurídico da Câmara de Vereadores fez a função dos advogados da prefeitura. Mas o povo fará o julgamento nas urnas", completou.
    David acusa Hérzem de causar prejuízos milionários aos cofres municipais com a contratação, por dispensa de licitação, de empresas para operar emergencialmente o transporte coletivo urbano do município.  / Por: Divulgação  Por: Henrique Brinco
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment