Julgamento: Paulo Carneiro sofre suspensão de 135 dias e multa de R$ 21 mil


    Pelos episódios causados no jogo contra o Ceará, no Barradão, o presidente do Vitória, Paulo Carneiro, foi julgado nesta sexta-feira (11) pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) e sofreu punição de 135 dias de suspensão, mais R$ 21 mil. Cabe recurso para a decisão, embora ele já tenha que cumprir imediatamente.
    Paulo Carneiro foi punido quatro motivos: invadir local destinado à equipe de arbitragem ou o local da partida (258- B), deixar de cumprir ou dificultar o cumprimento do regulamento da competição (191-III), ofender alguém em sua honra por fato relacionado diretamente ao desporto (243-F) e ameaçar alguém por palavra, escrito, gestos ou por qualquer outro meio (243-C).
    Tudo isso ocorreu no duelo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, que aconteceu no dia 26 de agosto, no Barradão. O presidente do Vitória invadiu o gramado do jogo, foi pra cima da arbitragem da partida para reclamar de lances ocorridos no primeiro tempo, depois partiu pra cima do jogador Vinicius, do Ceará, ameaçando o mesmo.  / Por: Reprodução/TV Globo  /
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment