Operação da PF mira desvios em contratos na área de Saúde


     A Polícia Federal cumpre nesta terça-feira (29) 278 mandados de busca e apreensão e 76 de prisão temporária na Operação S.O.S., que apura desvios na Saúde no Pará.

    Os alvos são pessoas ligadas a um grupo dedicado a desvios de recursos públicos na área da Saúde. A PF investiga os contratos de organizações sociais para a gestão de hospitais públicos do Pará, no combate à pandemia do coronavírus.  

    O governador Helder Barbalho está entre os investigados, além de empresários do ramo. 

    Em nota, o Governo do Estado esclareceu que "apoia, como sempre, qualquer investigação que busque a proteção do erário público".  /Por: Divulgação  

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment