Suspeito de ataque ao Porta dos Fundos é preso na Rússia


    Eduardo Fauzi, suspeito de jogar coquetéis molotov na sede da produtora Porta dos Fundos, foi preso em Moscou, na Rússia, nesta sexta-feira (4). De acordo com o G1, Fauzi foi incluído na Difusão Vermelha da Interpol, e sua extradição já teria sido requisitada. 
    O homem é suspeito de um ataque realizado na sede da produtora Porta dos Fundos em dezembro de 2019. Após ter um pedido de habeas corpus negado pela Justiça do Rio de Janeiro, os advogados do suspeitos recomendaram a ele que não retornasse ao Brasil.
    A produtora acredita que caso não houvesse um segurança no local, o prédio teria pegado fogo, pois o funcionário apagou o incêndio que começava. / Por: Reprodução/TV Globo 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment