Suspeitos se disfarçam de operários para roubar fios de cobre em obra no Santo Antônio


     Cerca de 20 suspeitos se disfarçaram de operários com uniformes de cor azul e munidos de maquinários, como retroescavadeiras, para roubar fios de cobre subterrâneos em uma obra de 60 metros de extensão na Rua Direita do Santo Antônio Além do Carmo, no último domingo (27). 


    Os acusados contaram com a “ajuda” dos moradores, que inocentes retiraram seus próprios carros da rua à pedidos deles, para facilitar a suposta “obra”. Quase quatro horas depois e com a rede de tubulação de água danificada, o grupo destruiu o local com escavações de até um metro de profundidade para ter acesso ao material, que costuma ser revendido. 

    Moradores relataram que tinha até um encarregado pela obra, que mentiu para os residentes ao informar que a intervenção era para que a obra fosse adiantada, no entanto, a presença de guardadores de carros da região participando da ação para puxar os fios do chão levantou suspeita. Inclusive, a briga entre os supostos funcionários e guardadores confirmou a suspeita de um roubo, conforme apurado pelo Jornal Correio. 

    Quando finalizado o “serviço”, um caminhão baú estava à espera do material roubado, todos os suspeitos evadiram fuga. A Polícia Militar não se pronunciou sobre o caso. 

    A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), confirmou que esteve no local para reparar a tubulação e a responsável pela obra, Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) confirmou o crime. De acordo com o órgão, o local que já estava pavimentado, mas foi completamente destruído durante a ação criminosa. Não há como saber quanto de fio foi roubado, por isso, não há uma estimativa do prejuízo. /
      Por: Google Street View 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment