Após ser pego com dinheiro na cueca, vice-líder do governo Bolsonaro deve perder cargo


     Após ser pego escondendo R$ 30 mil na cueca, o vice-líder de governo no Senado, Chico Rodrigues (DEM-RR), pode perder o cargo já que o episódio se tornou insustentável, de acordo com lideranças ouvidas pela CNN Brasil.

    Ainda segundo as fontes, eles esperam que o próprio Chico peça afastamento para, ao menos, se defender da acusação. O vice-líder de governo foi alvo da Operação Desvid-19, que investiga um esquema de desvio de cerca de R$ 20 milhões em emendas parlamentares destinadas à Secretaria de Saúde do estado de Roraima para o combate do novo coronavírus.

    A ordem de busca e apreensão foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso. Desde que foi pego escondendo dinheiro vivo, o político não entrou em contato com colegas de partido e desligou o aparelho celular.

    "Tentamos contato e ele não atendeu para saber o que está acontecendo. Essa situação é muito lamentável", afirmou a deputada Sheridan à CNN.   /Por: Edilson Rodrigues/Agência Senado 

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment