Articulador afirma que o ministro-chefe da Secretaria de Governo está com "os dias contadosa"


     Um importante assessor do presidente da República confidenciou ao site O Antagonista que Luiz Ramos, general do Exército Brasileiro e atual ministro-chefe da Secretaria de Governo, está com "os dias contados no governo".

    O general, segundo esse assessor, guardava arquivos de áudios de conversas reservadas entre ele e Bolsonaro. O ministro teria feito isso com o intuito de registrar que suas ações, principalmente as que envolviam indicações políticas para cargos públicos, eram todas de conhecimento do presidente. Os arquivos em seu poder provariam isso.

    Visto por outro ângulo, as gravações, se existissem mesmo, também trariam à tona um monumental escândalo e, sem sombra de dúvida, fulminariam a carreira do general. O fato é que esse enredo, narrado precisamente dessa maneira, chegou ao conhecimento da chamada ala ideológica do governo.  /Por: Marcello Casal Jr Agência Brasil 

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment