Feira: Zé Neto é o candidato com menor rejeição; Colbert melhora o quadro, aponta pesquisa


     O candidato a prefeito de Feira de Santana, Zé Neto (PT), é o nome com menor índice de rejeição entre os 600 eleitores consultados pelo levantamento A Tarde / Potencial Pesquisas, com 43%. O levantamento no município, divulgado nesta quinta-feira, (15), mostrou que o prefeito da Princesa do Sertão, Colbert Martins (MDB), aparece em segundo lugar, com 45% de taxa de rejeição.Na última pesquisa divulgada pelo jornal, em setembro,  o candidato do MDB tinha 54% de taxa de levantamento contra 39% do petista.

    Em terceiro lugar no quesito rejeição eleitoral aparece o candidato do Podemos, Carlos Geilson, que possui 50%. O candidato pelo Novo, Carlos Madeiros, tem 67%, mesma taxa de rejeição da deputada federal Dayane Pimentel (PSL). Marcela Prest tem 66% de recusa do eleitorado, o vereador Beto Tourinho (PSB) possui 70%. O deputado estadual José de Arimatéia (Republicanos) e Nelson Roberto (PCO) são os que possuem maior taxa de rejeição, ambos com 73%.

    Gestão

    Além de indicar uma redução na taxa de rejeição, a pesquisa A Tarde/ Potencial Pesquisa mostrou que o  prefeito da Princesa do Sertão, Colbert Martins, obteve uma melhora na avaliação de sua gestão, se comparada ao levantamento realizado em setembro. O percentual dos eleitores que classificaram como ótima ou boa a gestão de Colbert subiu de 23% para 30%. A classifica de ‘ótima’ da gestão pelos feirenses saiu de 5 para 11%. Os que definem o trabalho de Colbert como ‘regular’ somam 35% dos ouvidos, enquanto 32% a classificaram o trabalho do atual chefe do executivo de Feira como ‘ruim ou péssima’. Os eleitores foram consultados via telefone entre os dias 8 e 13 de Outubro.  

    Leia Mais em:

    Disputa em Feira deve ser decidida em segundo turno após 24 anos, aponta pesquisa; veja os números

    Bolsonaro é apontado como pior “cabo eleitoral” em Feira, se comparado com Lula ou Rui 


     Por: Divulgação Agência Brasil 

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment