Líderes do Congresso acreditam que Ciro e Lula ameaçam mais Bolsonaro do que Doria e Huck


     Principais líderes do Congresso avaliam que as chances de o presidente Jair Bolsonaro se reeleger em 2022 cresceram. Para os políticos ouvidos pelo Congresso em Foco, os nomes mais fortes para enfrentar o presidente são o ex-governador Ciro Gomes (PDT) (12,9%) e o ex-presidente Lula (PT) (11,4%). A maioria (38,6%) deu como certa a continuação do presidente no governo.

    Já figuras mais populares como o apresentador de TV e empresário Luciano Huck e o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro aparecem empatados (5,7%) na quarta colocação entre aqueles com maiores chances de chegar à presidência. Logo atrás, vem o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) (2,9%).

    O levantamento foi feito como 70 parlamentares entre os dias 14 e 20 de setembro. Forram ouvidas as principais lideranças do Parlamento, como presidentes de comissões e frentes parlamentares, líderes de bancada e aqueles que se destacam pela influência política na Câmara e no Senado.


    Por: Ricardo Stuckert / Instituto Lula  Por: Redação Bnews

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment