Rui Costa confirma plano de ação para unificar forças contra o bolsonarismo em 2022


     Após a revista Veja divulgar reportagem que mostra o governador da Bahia, Rui Costa (PT), como um eventual líder para uma frente ampla contra o bolsonarismo em 2022, o petista afirmou ao BNews entendimentos de unificação de forças políticas que "tenham o mínimo de conteúdo para retomar o crescimento do país". 


    "O Brasil está sofrendo muito nos últimos cinco ano e eu acho que cada um de nós tem que se despir de vaidades pessoais, sentarmos com quem concorda com um plano mínimo de ação de emprego, combate a pobreza, saúde e educação, pontos mínimos que tivemos de compromisso para o país e em torno dele, futuramente, promover uma unificação de forças políticas", declarou na manhã desta segunda-feira (05), durante uma entrega de um campo de futebol no bairro de Boa Vista do São Caetano, em Salvador. 

    Rui afirmou também, segundo divulgado pela reportagem da revista, que o plano ficará para depois das eleições municipais, no entanto, se esquivou sobre ser "um projeto pessoal". "É fato que queremos ajudar a fazer esse movimento, é uma posição de muitos governadores, lideranças e não somente minha". 

    Questionado sobre conversas com a ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, o petista negou qualquer comunicação com ela nesse sentido. /
     Por: Dinaldo Silva/ BNews
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment