Rui ironiza pesquisa Ibope de Salvador: “Tem tradição na Bahia de errar muito”


     O governador Rui Costa (PT) ironizou os números da pesquisa Ibope da corrida eleitoral pela prefeitura de Salvador divulgada nesta semana os quais coloca o candidato Bruno Reis (DEM), seu adversário, na liderança isolada. Como sempre faz, o chefe do Executivo baiano colocou em xeque os índices, mas, particularmente, questionou a credibilidade do instituto contratado pela TV Bahia.

    “Vocês conhecem minha posição sobre pesquisa. Eu gosto muito  tanto de vencer eleição, como vencer também os institutos de pesquisas, pois comigo sempre erraram. Na Bahia o Ibope tem tradição de errar muito. Se ele errava quando fazia pesquisa presencial, imagine agora fazendo por telefone. Uma amostra menor do que sempre fizeram, 600 questionários. Se eu não acredito em pesquisa, muito menos feita por telefone”, disse após ser provocado pelo BNews na manhã desta segunda-feira (6) durante coletiva a jornalistas. 

    O Ibope apontou Bruno Reis (DEM) na liderança com 42% contra 10% de Isidório (Avante) e 6% de empate entre Olívia Santana e Major Denice (PT). A petista, antiga responsável pela Ronda Maria da Penha na Polícia Militar, é o nome predileto do governador na disputa do Palácio Thomé de Souza.

    A fala do governador também remete a seu histórico político. Em 2014, por exemplo, passou toda a campanha eleitoral nas pesquisas Ibope na segunda colocação, distante do então candidato a governador Paulo Souto (DEM) que seguia como líder isolado. O cenário só mudou na tradicional pesquisa boca de urna, divulgada no mesmo dia do pleito. Na urnas, o petista venceu o democrata no primeiro turno.  

    Apesar da crítica remetida a sua campanha para governador, na última eleição a prefeitura de Salvador, em 2016, o Ibope divulgou o cenário de liderança do prefeito ACM Neto (DEM) que venceu o pleito no primeiro turno. No primeiro levantamento daquele ano, o instuto cravou o percentual do grau da vitória do democrata dentro da margem de erro

    AVALIAÇÃO DE GOVERNO - Além do cenário eleitoral, o Ibope avaliou as gestões do próprio Rui a frente do governo do Estado, na visão dos soteropolitanos, de ACM Neto (DEM) a frente da prefeitura e do presidente Bolsonaro (sem partido).

    O atual prefeito de Salvador é mais bem avaliado do que Rui. O democrata aparece com 38% de ótimo e 35% de boa administração, enquanto o petista aparece com 28% e 36%, respectivamente.

    Ainda segundo o estudo, 19% dos entrevistados avaliam a administração de Neto como regular, 2% como ruim e 4% avaliam como péssima. Não souberam ou não responderam, 1%.

    Rui Costa registrou na pesquisa 26% de administração regular; 2% avaliam sua conduta como ruim; e 6% como péssima. Não souberam ou não responderam, 2%.

    Para 62% dos eleitores de Salvador, ouvidos pelo instituto Ibope, o governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) não é positivo; 14% classificaram sua gestão como ruim e 48% como péssimo.   / Por: Dinaldo Silva / BNews 

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment