A Fazenda 12: Biel culpa assessora por acusação de assédio a jornalista


     Após a fala de Jojo Todynho sobre a lipo de Tays,outra conversa deste domingo (8) em A Fazenda 12 levantou polêmica nas redes. Em diálogo com Lipe Ribeiro e Lucas Selfie, Biel relembrou o episódio em que foi acusado de assediar a jornalista Giulia Pereira.

    Em dado momento, o funkeiro jogou a culpa do ocorrido para sua assessoria. "Não estavam supervisionando", acusou. "O bagulho com o repórter que deu problema lá, né? Foi meio que uma falha dela, né? Tipo, na hora elas não estavam supervisionando. Ela foi mais cedo. Fiquei na mão da galera, gravando sozinho com um monte de repórter", argumentou.

    No Twitter, internautas criticam a desculpa dada pelo artista. "Como em uma semana de mulheres marchando contra o 'estupro culposo', MC Biel cita o episódio de assédio a um jornalista, colocando a culpa nela e na assessoria por não estar presentes? Ele se insenta de culpa. E ainda tem mulheres que curtem essa cara", indignou-se um dos perfis.

    Em maio de 2016, o funkeiro chamou a jornalista Giulia Pereira, do IG, de "gostosa" e disse que "a quebraia no meio". O cantor Biel e o jornalista fecharam um acordo em uma audiência. O cantor teve que pagar cinco salários-mínimos — o equivalente a R$ 4.400 na época — a uma instituição de caridade. Ele também pediu desculpas ao jornalista. Como resultado do acordo, o processo deixou de existir.

    Pereira acusava Biel de tê-la assediado durante uma entrevista para divulgação de um disco, realizada no mês de maio. Em áudios divulgados pelo programa "Cidade Alerta" (Record), durante a entrevista o artista chamou o jornalista de "gostosinha" e disse que a "quebraia no meio" caso mam relações sexuais.

    Ana Paula Cortez, advogada de Pereira, criticou a legislação brasileira. Segundo ela, não foi processar Biel por assédio sexual, pois, segundo a lei, era preciso que houvesse vínculo empregatício entre ele e o jornalista para que possível essa acusação. / Por: Divulgação  Por: Folhapress

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment