Bruno Reis rechaça "especulações" sobre secretariado, mas admite renovação: "Novo governo, novas pessoas"


     O prefeito eleito Bruno Reis (DEM) admtiu que irá fazer mudanças no secretariado a partir do dia 1° de janeiro, quando assume a cadeira do Palácio Thomé de Souza. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (27), o antigo titular da Seinfra disse que o que foi publicado na imprensa nos últimos dias sobre o assunto não passam de "especulações", mas admitiu que pretende ter "novas pessoas" ao seu lado no Executivo.

    Ciente de que assumirá a gestão em meio a uma crise sanitária provocada pela Covid-19, Bruno alega que buscará se adaptar à "nova realidade" que se estabeleceu em razão da pandemia.

    Ele confirmou que pretende enviar à Câmara Municipal de Salvador (CMS) uma proposta de minirreforma administrativa para ser apreciada ainda este ano, que irá nortear as suas decisões.

    Bruno elogiou a "filosofia" implantada pelo seu amigo e atual prefeito ACM Neto, que ao longo desses anos, na sua visão, conseguiu equilibrar "experiência com renovação". A fala pode ser um indicativo do que o antigo vice-prefeito deve fazer em seu secretariado.

    "Estamos definindo um novo formato que a gente quer dar ao governo, provavelmente uma mini-reforma que vamos fazer, adequando à nova realidade da cidade por conta da pandemia, É natural que se façam esses ajustes, estamos concluindo as conversas internamente com a equipe para a partir daí começar a definir nomes. Tenho visto pela imprensa uma série de cogitações e especulações, mas a minha ideia é anunciar todo o secretariado junto", declarou.

    "O povo dizia na rua 'em time que tá ganhando não se mexe', essa filosofia que o prefeito implantou, mesclou experiência com renovação, onde trouxe nomes que queria se destacar na vida pública, a gente vai manter essa mesma filosofia. Natural que tenham ajustes, novo governo, novas pessoas, novos projetos, novas ações. Saberemos fazer isso conciliando e harmonizando uma equipe qualificada", completou.

    Uma das mudanças que possivelmente atendem à "filosofia" defendida por Bruno Reis é a de Kiki Bispo, que pode assumir a Semtel. O vereador tem experiência no Legislativo e a chance de assumir uma pasta empolga, principalmente por ser próximo do prefeito eleito pelo DEM. Sobraria para Alberto Pimentel, que após perder a reeleição, pode ficar sem cargo no alto escalão da Prefeitura.

    "AGORA É VOCÊ"

    O prefeito ACM Neto repetiu que não terá influência na montagem da equipe do seu pupilo Bruno Reis. O presidente nacional do DEM ironizou aqueles que apostaram que fizesse o contrário e disse que agora estão "caindo do cavalo".

    O aviso já foi dado inclusive ao próprio Bruno Reis, garante Neto.

    "A partir de 1° de janeiro, quem vai escolher e tomar as decisões sobre o secretariado é Bruno. Falei com ele: 'irmãozinho, tive 8 anos para fazer, agora é você' [...] quem poderia imaginar que eu tentaria mandar, tutelar, está caindo do cavalo, não tem a menor chance", assegurou.  /BNews  Por: Raul Aguilar e Luiz Felipe Fernandez

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment