Depois do Twitter, Facebook também põe alerta em publicação de Trump


     O Facebook sinalizou uma publicação do presidente dos EUA, Donald Trump, em que ele questiona a decisão da Suprema Corte americana de prorrogar o recebimento das cédulas de votação enviadas pelo correio até a próxima sexta-feira (6), desde que elas tenham sido postadas até esta terça (3).

    "A decisão da Suprema Corte sobre o voto na Pensilvânia é MUITO perigosa", escreveu o republicano. "Isso permitirá a trapaça desenfreada e descontrolada e minará todo o nosso sistema de leis. Também irá induzir violência nas ruas. Alguma coisa precisa ser feita!"

    O Facebook incluiu um aviso em que afirma que "as votações presencial e pelo correio têm umlongo histórico de confiabilidade nos EUA, e que casos de fraude eleitoral são "extremamente raros".

    mesma publicação do presidente recebeu um alerta no Twitter, segundo o qual seu conteúdo é "contestável" e "pode ter informações incorretas" sobre o processo eleitoral.

    A rede social vem colocando avisos de conteúdo nas publicações do presidente desde maio, que já alertaram sobre "conteúdo abusivo" e sobre informações falsas disseminadas por Trump.

    Durante toda a campanha, Trump tem se posicionado contra o voto pelo correio sob os argumentos de que a modalidade abre brechas para um "golpe dos democratas". Membros do seu partido recorreram à Justiça em vários estados para tentar impedir a prorrogação dos prazos de recebimento das cédulas.  / Por: Divulgação/Twitter  Por: Folhapress

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment